Gestão da permanência de alunos: confira 5 dicas!

Atualizado em

Taxas altas de evasão estão entre os mais preocupantes desafios para gestores de instituições de ensino. Por isso, estratégias para gestão da permanência de alunos são valiosas e precisam ser constantemente revisitadas.

Neste texto, vamos compartilhar com você o que é Gestão de Permanência de Alunos e mostrar 5 dicas que podem ser adotadas para ter sucesso na retenção de alunos.

Continue a leitura e confira!

O que é a Gestão da Permanência de Alunos?

Na maioria das instituições de ensino que sofrem com a evasão de alunos, as ações são tomadas pela direção apenas após uma crise relacionada a esse indicador. Quando, por exemplo, o orçamento foi gravemente prejudicado ou quando a saída de alunos refletiu na perda de confiança em relação à marca da instituição.

No entanto, o ideal é atuar de maneira preditiva, antecipando esse tipo de comportamento e evitando que ele se torne realidade. É disso que se trata a Gestão de Permanência de Alunos: de saber como reter alunos em vez de consertar cenários em que já há evasão.

Essa subdivisão da gestão concentra esforços no estudo dos possíveis motivos de evasão, observando o comportamento dos alunos e percebendo se existem insatisfações coletivas que podem provocar esse problema.

Para conseguir atuar com boas práticas de gestão educacional, é necessário se preparar para entender a visão dos alunos em relação ao estabelecimento. Indo além, é preciso engajá-los de maneira que se tornem não apenas fiéis como, também, defensores da marca.

Quais são as melhores iniciativas para garantir a permanência de alunos?

Implementar uma estratégia de Gestão de Permanência de Alunos pode ser uma excelente alternativa para garantir estabilidade nas finanças em tempos de crise e alta competitividade. Para isso, você deve saber como manter alunos de maneira eficiente.

Confira abaixo as 5 dicas que separamos nessa área.

1. Conhecer os alunos

Para saber como manter alunos, é preciso entender primeiro o cenário social em que vivemos e no qual a maior parte dos estudantes cresceu. Estamos em um momento de constantes mudanças na sociedade, em que tudo acontece de maneira muito veloz.

Além disso, a tecnologia é um fator de grande influência na mentalidade dos alunos atuais, que são nativos digitais. Com isso, eles são extremamente conectados e mais desejosos de agilidade em todos os processos.

Todo esse contexto faz parte do aluno moderno, de suas preferências e expectativas. Junto a isso está a localidade da instituição e o cenário socioeconômico dos estudantes.

Portanto, conhecer todos esses aspectos dos alunos que estão matriculados na IES é o trunfo que vai ajudar a gestão a pensar estratégias melhor direcionadas e com maior grau de aceitação do público.

2. Apostar na presença on-line

Ao não ter uma presença digital, a IES simplesmente perde a oportunidade de estar nos mesmos espaços frequentados pelos seus alunos: as redes sociais. São nesses locais que eles interagem, compartilham interesses, criticam e absorvem diferentes conhecimentos.

A instituição é uma fatia importante da rotina do aluno e se ela não está inserida nesses locais de forma relevante, a conexão pode acabar se enfraquecendo entre as duas partes.

guia da gestão educacional

Para garantir presença on-line, além de investir na participação em redes sociais, é possível apostar em conteúdos relevantes que gerem autoridade para a instituição por meio de blogs e canais como o YouTube.

O marketing digital também é um aliado, possibilitando a criação de campanhas personalizadas que podem ser direcionadas para públicos específicos. Esse tipo de iniciativa é interessante tanto para captação quanto para retenção de alunos.

3. Observar as tendências

Como mencionamos, o estudante atual é constantemente bombardeado por novidades e mudanças. Um dos grandes problemas institucionais, que pode provocar a evasão, é a falta de acompanhamento dessas transformações.

Estar em um espaço que parece continuar em uma década anterior pode causar um verdadeiro estranhamento ao aluno. Esse desconforto pode levar à falta de engajamento e ao desligamento.

Para lidar com essa questão, investir em tecnologias e sistemas modernos é fundamental, trazendo recursos que já façam parte da realidade do aluno para dentro das salas de aula.

Ferramentas como a realidade virtual, os games, os chatbots de atendimento, os ambientes virtuais de aprendizagem e as redes sociais são apenas algumas inovações que podem ser incorporadas para manter os alunos engajados e enxergando valor na sua instituição.

4. Ter uma cultura sólida

A criação de uma cultura institucional sólida é mais uma das dicas para conquistar alunos. De fato, diversos estabelecimentos de ensino têm visão, missão e valores. Porém, por vezes, muitos desses conceitos não saem do papel ou não são incorporados por todos os colaboradores.

Muitas situações de evasão podem ter como origem o desânimo com atitudes localizadas que não representam a visão que a gestão tem. Garantir que todos falem a mesma língua é importante para evitar esse tipo de mal-entendido.

Ter uma cultura que seja constantemente propagada e reafirmada nas ações da IES pode garantir maior engajamento de toda comunidade acadêmica e melhores índices de satisfação dos alunos.

5. Trabalhar com um sistema de gestão educacional

Gerir a permanência de alunos é um processo estratégico, o qual pode se beneficiar muito da tecnologia, que hoje atua como parceira de qualquer gestão. No caso das instituições de ensino, um sistema especializado pode compor a iniciativa implementada.

Um sistema de gestão educacional traz como uma das principais vantagens a coleta e organização dos dados dos alunos. Isso possibilita que a direção tenha uma visão ampla sobre informações que são preciosas para a tomada de decisões.

Outro aspecto de um sistema dedicado é a agilidade na realização de processos comuns à rotina acadêmica. A rapidez em tarefas simples como geração de boletos e declarações, acesso a notas e a calendários é excelente para atrair a atenção positiva dos estudantes.

Sistemas assim também podem ser integrados a ferramentas de atendimento automatizadas. Esse é mais um recurso que favorece a conexão com os alunos, promovendo uma comunicação transparente.

Entendemos como fazer uma gestão da permanência de alunos com eficiência pode ser desafiador. No entanto, com ações e ferramentas certas, a gestão pode atuar com mais assertividade.

O sistema Lyceum oferece ferramentas necessárias que a instituição de ensino precisa para gerenciar a vida acadêmica dos alunos. Entre em contato com nossa equipe e descubra como nossas tecnologias podem ajudar sua gestão.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.