lacuna digital

O que é a lacuna digital? Entenda como reduzi-la

webinar_PIX

Conforme o mundo caminha rumo à transformação digital, um novo desafio surge: a resolução das desigualdades de acesso às tecnologias. Se houve um tempo em que ter ou não acesso à tecnologia tinha um impacto relativamente baixo na vida de cada indivíduo, no cenário que se desenha, os excluídos digitais tendem a se isolar cada vez mais das novas formas de trabalho, estudo, consumo e relacionamento.

A lacuna digital resulta de uma série de fatores, que vão desde a falta de infraestrutura — que impede o acesso a tecnologias de ponta — até a falta de conhecimentos básicos, necessários para situações rotineiras.

Neste post, explicamos o que é lacuna digital, quais são seus impactos e o que pode ser feito para reduzir essa diferença. Confira!

O que é lacuna digital?

As lacunas digitais nascem da desigualdade do acesso a tecnologias cada vez mais essenciais para o dia a dia das pessoas. Em um mundo conectado, em que podemos fazer praticamente tudo on-line, a desigualdade digital pode acabar criando um abismo entre determinados grupos sociais. Veja, abaixo, alguns números que evidenciam a luta digital dentro e fora do Brasil.

Uma pesquisa feita pela agência We Are Social mostrou dois lados da moeda. Ao mesmo tempo em que Brasil tem 70% da população conectada — o que equivale a aproximadamente 150 milhões de pessoas —, há um grande contingente de brasileiros que não têm acesso à Internet: 46 milhões de pessoas. Esse número é maior do que a população de muitos países.

Se levarmos para um escopo mais abrangente, de acordo com o Banco de Desenvolvimento da América Latina38% da população do continente latino-americano não tem acesso à Internet. São aproximadamente 244 milhões de pessoas isoladas do mundo digital, o que contribui ainda mais para as diferenças sociais que existem nessa região. 

A inclusão dessas pessoas resultaria em melhor qualidade de vida e em um grande impulso econômico para os países. Entre os fatores que definem a divisão digital, podemos destacar a lacuna de acesso, de uso e de qualidade de uso.

Lacuna de acesso digital

Uma lacuna de acesso digital é caracterizada pela falta de conexão com a Internet provocada por diferenças socioeconômicas ou pela falta de infraestrutura acessível. Essa lacuna é muito comum, por exemplo, nas áreas rurais e em regiões em desenvolvimento, e exige um alto investimento para ser solucionada. 

Já há tecnologias em satélite que ajudam na redução dessa dificuldade de acesso, mas essa ainda é uma tecnologia que precisa ser barateada e melhor conectável — em relação à sua recepção.

Lacuna de uso

A lacuna de uso é referente à capacidade de um grupo social de lidar com as ferramentas digitais. Tem a ver com as habilidades e formações para o acesso a ferramentas básicas, como o envio de e-mails, uso de mecanismos de busca e manipulação simples de arquivos, como mover, copiar e colar.

Qualidade do uso

A falta de qualidade de uso acontece quando, mesmo com acesso e conhecimento, não há infraestrutura ideal para que um aproveitamento máximo dos recursos. Um bom exemplo é o uso dos dados como fonte de insight para uma série de processos, que demanda alta capacidade de armazenamento e processamento.

Sem a infraestrutura, mesmo com conhecimento, não é possível ter acesso a informações de boa qualidade.

Quais são os impactos e as consequências da lacuna digital? 

Os impactos da lacuna digital podem ser sentidos em vários segmentos da sociedade, nas mais variadas demandas. O trabalho remoto, por exemplo, exige os três pilares básicos:

  • boa infraestrutura regional;
  • conhecimento das ferramentas;
  • bons equipamentos. 

O mesmo vale para o estudo remoto, que afeta crianças de baixa renda.

Neste tópico, destacamos dois pontos cruciais: os impactos da lacuna digital nas pessoas com deficiência e em relação às medidas impostas pela pandemia. Acompanhe!

Impacto nas pessoas com deficiência

A divisão digital é ainda mais impactante nas pessoas com deficiência, principalmente devido às dificuldades de acessibilidade e incompatibilidade relacionadas às condições dos usuários, além das dificuldades financeiras.

como se preparar para a quarta revolução industrial

Muitas das ferramentas digitais não são desenvolvidas com foco em atender um público amplo, e isso faz com que várias pessoas com deficiência não tenham como utilizar ferramentas cada vez mais essenciais, como um smartphone

Essa lacuna digital está presente até em países desenvolvidos, que buscam soluções criativas para suprir a demanda e incluir essas pessoas. Em regiões mais pobres, essa lacuna tende a ser ainda mais grave.

Impactos relacionados às medidas necessárias para combater a Covid-19

Com os impactos da pandemia e a necessidade de mudança de alguns hábitos, a divisão digital se torna mais clara. De acordo com o Internet World Stats35,8% da população mundial está desconectada da Internet. Em um cenário em que pessoas tiveram que trabalhar, estudar, comprar e se relacionar remotamente, os impactos da exclusão se tornaram óbvios.

Um fator que explicitou a lacuna digital brasileira foi a dificuldade inicial de implementação do auxílio emergencial, que foi disponibilizado de forma 100% on-line para evitar aglomerações.

O projeto de disponibilização dos recursos remotamente esbarrou na barreira de falta de acesso ou no acesso precário. O resultado é que muitas pessoas acabam se aglomerando nas portas dos bancos.

Como afetou o aprendizado?

No Brasil, por exemplo, muitos dos estudantes de escolas públicas não tiveram como acompanhar as aulas remotas. 

De acordo com o Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic), os smartphones foram os principais dispositivos utilizados no acompanhamento das aulas no ambiente virtual de aprendizagem durante a pandemia.

Isso aconteceu principalmente nas classes D e E, chegando a 54% desse segmento populacional. Com uma tela menor e falta de acessórios de entrada de dados, como mouse e teclado, o desempenho tende a ser bastante reduzido no aprendizado.

Além disso, o setor educacional está ampliando o alcance dos cursos — ensino básico, profissionalizante, técnico, superior e pós-graduação — graças à adoção de novas tecnologias, que permitem até a aplicação de provas a distância.

O não preenchimento de lacunas digitais abrirá um abismo a cada dia entre determinadas camadas da sociedade na aquisição de conhecimento.

Como isso afeta as novas relações de trabalho?

Muitas das mudanças de hábitos que foram aceleradas pela pandemia devem ser mantidas total ou parcialmente, como a tendência do trabalho remoto.

As empresas observaram muitas vantagens no home office e, mesmo com a retomada, muitos profissionais continuam nesse regime de trabalho. Esse modelo beneficiará quem mora em regiões com boa infraestrutura e quem já tem um conhecimento prévio das ferramentas necessárias.

Como reduzir essas diferenças?

Não há solução simples e rápida para a redução da lacuna digital. É necessário mobilizar esforços privados, públicos e do terceiro setor para que haja o desenvolvimento das regiões onde ainda não há a aplicação do investimento suficiente, de forma a acelerar a inclusão digital. 

Além dos investimentos em infraestrutura, é importante que a busca por soluções que minimizem a lacuna digital esteja na raiz do desenvolvimento das tecnologias. Elas precisam ser acessíveis para atender ao maior número possível de pessoas. Além disso, devem ser intuitivas, para facilitar a curva de aprendizado, e precisam ter o custo reduzido

A lacuna digital é um desafio que precisa ser encarado com a devida seriedade, afinal, estamos em pleno processo de transformação digital. Toda a sociedade precisa estar inserida para que haja um crescimento sustentável e orgânico, uma melhoria na qualidade de vida e um crescimento econômico.

Gostou do post? Quer entender um pouco mais sobre a importância da inclusão digital na educação? Confira os desafios da implantação da tecnologia no ensino!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros