mindset de crescimento

Veja como adotar um mindset de crescimento em uma instituição de ensino

Atualizado em

Cada vez mais, a Administração e os especialistas em liderança vêm adotando modelos arrojados de comportamento e visões que contribuem significativamente para novas mentalidades nas organizações. Um deles é o mindset de crescimento, uma estratégia essencial para que os empreendedores preparem-se para os desafios do mercado e consigam gerir suas operações de maneira eficaz.

Antes de mais nada, toda instituição de ensino ― especialmente privada ― precisa de uma gestão educacional sólida e de profissionalismo, de modo que esses elementos proporcionem segurança à sua sobrevivência e possibilitem seu crescimento.

Por esse motivo, é imprescindível que sua IES desenvolva esse espírito na instituição, como forma de permanecer atenta às demandas da sociedade e de seu público, porém mantendo seus princípios educacionais.

Vamos entender o que significa mindset de crescimento? Acompanhe nosso artigo!

O que é mindset?

Antes de abordarmos o que é mindset de crescimento, é preciso entender o que significa esse estrangeirismo. Podemos dizer que mindset é a aglutinação dos termos mind (mente) e set (configuração), algo que poderia ser traduzido como “configuração da mente”, ou, em outras palavras, os tipos de pensamento ou visões de uma pessoa ou organização.

Mindset é a nossa atitude mental, que tomou forma a partir de nossas experiências, nosso ambiente, nossa educação e as ideias e crenças que absorvemos das pessoas com quem mais interagimos em nossas vidas. A mente humana é uma espécie de “máquina de busca de significados”. Por isso, estamos constantemente monitorando e interpretando eventos e estímulos para que possamos reforçar ou modificar nosso “mapa” interno e a maneira como enxergamos o mundo.

Nesse sentido, podemos ter uma mentalidade positiva e empoderadora, que determinará, em grande parte, como os desafios, as adversidades e as críticas são interpretados, além de contribuir significativamente para os resultados reais que desejamos criar.

No entanto, o mindset não se limita apenas a indivíduos. Ele se estende a grupos de trabalho e a corporações de toda espécie e porte ― empresas, entidades sem fins lucrativos, instituições de ensino etc. ― e pode ser um fator determinante para seu crescimento.

Quais são os tipos de mindset?

Após décadas de pesquisa, a renomada psicóloga Carol Dweck, professora da Universidade de Stanford (EUA) e autora do livro Mindset: The New Psychology of Success, concluiu que existem dois tipos de mindset críticos para que motivação e produtividade sejam criadas em organizações e pessoas. Abaixo, confira quais são eles!

Mindset fixo (fixed mindset)

No mindset fixo, as pessoas acreditam que suas qualidades são características imutáveis. Essas pessoas perpetuam sua inteligência e seu talento, em vez de trabalhar para desenvolvê-los e melhorá-los.

Profissionais com essa mentalidade sempre querem parecer inteligentes, porque acreditam que nasceram com um nível fixo de inteligência que não pode ser modificado. Eles têm medo de parecer tolos, pois não acreditam que possam se redimir quando outras pessoas os considerarem pouco inteligentes.

Isso também acontece com as estruturas organizacionais e lideranças. Nesse caso, ter um mindset fixo significa permanecer preso a condutas arraigadas que não fazem o menor sentido no mundo contemporâneo. Exemplificando, persistir em processos analógicos e de pouco valor agregado ou realizar investimentos em custo de propriedade (tais como desenvolvimento e manutenção de sistemas próprios) são características de um mindset fixo corporativo.

Mindset de crescimento (growth mindset)

Já no mindset de crescimento, as pessoas acreditam que podem desenvolver seus talentos e habilidades por meio de comprometimento, treinamento e perseverança. Seu foco não é posar como uma pessoa inteligente ou polir sua imagem. Esses profissionais estão ansiosos para aprender e ousam aproveitar oportunidades e crescer com os resultados.

Eles gostam de trabalhar com pessoas que os desafiam, atrevem-se a olhar honestamente para suas deficiências e procuram maneiras de melhorá-las. A maioria dos principais líderes de grandes organizações tem um mindset de crescimento, na medida em que criar e liderar corporações de alto nível em meio a constantes mudanças exige exatamente isso.

guia da gestão educacional

Também significa que a melhor estratégia não é simplesmente contratar os profissionais mais qualificados do mercado, mas procurar pessoas com um mindset de crescimento em vez de um mindset fixo: amor pelo aprendizado, abertura ao feedback e capacidade de enfrentar e superar obstáculos, por exemplo.

Quais são as melhores dicas para adotar um mindset de crescimento em sua IES?

Liderança forte, aprendizado contínuo e inovação são fundamentais para sua IES prosperar. Por isso, somente um mindset de crescimento é capaz de incentivar os colaboradores a crescerem e a instituição a aprender novos rumos e aperfeiçoar sua qualidade acadêmica. Veja, então, algumas dicas de como ter um mindset de crescimento no radar!

Realize benchmarking institucional

O benchmarking é uma técnica de análise de mercado que contribui muito com o mindset de crescimento. Segundo esse conceito, sua IES vai se debruçar sobre as melhores práticas da atualidade — seja do ponto de vista de inovações no ensino, seja com relação a novas opções de serviços — e observar o que outras instituições bem-sucedidas estão fazendo.

Além disso, o benchmarking pode ser feito a partir do compartilhamento de informações com outras instituições mais experientes, que aceitam apresentar suas visões e experiências de sucesso. Essa atitude, aliás, é inerente às organizações empenhadas em desenvolver seu mindset de crescimento.

Procure aprendizes

Para adotar uma mentalidade de crescimento em sua IES, você deve se concentrar na capacidade das pessoas. Como tal, o recrutamento deve valorizar profissionais que demonstram um compromisso real com a aprendizagem.

Essas pessoas ajudarão a construir uma cultura de aprendizado e colaborar com o sucesso institucional, conseguirão desenvolver-se de forma independente, bem como serão mais adaptáveis aos desafios que surgirem.

Profissionais que valorizam o aprendizado e demonstram capacidade e paixão pelo conhecimento contínuo têm um mindset de crescimento natural que pode levar qualquer instituição ao sucesso.

Construa uma cultura organizacional disposta a correr riscos e aceitar falhas

Adotar um mindset de crescimento significa aceitar a chance de que, no final, você possa falhar. Contudo, a inovação, a criatividade e o avanço de uma organização não seriam possíveis se as pessoas não estivessem dispostas a correr riscos.

Isso, muitas vezes, começa no topo ― com você. Os gestores devem dar o exemplo, mas também permitir que todos os colaboradores assumam papéis de liderança ― dando a eles independência e liberdade para tentar as coisas, falhar e aprender com seus erros.

Aceitar desafios é fundamental, e as instituições de ensino que veem seus professores e funcionários como capazes de enfrentá-los se posicionam para o sucesso.

Impulsione o comprometimento, a determinação e a inovação nas equipes

Estimule o trabalho em equipe e faça seus colaboradores se sentirem mais comprometidos com o trabalho. Para isso, adote estratégias motivacionais para que eles enxerguem seu potencial para crescer, aprender e prosperar com sua IES.

Essa valorização favorecerá que eles deem o melhor de si, porque sabem que seu desenvolvimento pessoal e trabalho duro são valorizados. Por consequência, seus profissionais terão facilidade de se comprometer com projetos inovadores. Além disso, a tendência é que também se comportem de forma mais transparente, engajada e colaborativa, tanto na promoção de um ensino mais inovador quanto na defesa da imagem institucional.

Para que sua IES adote um mindset de crescimento na instituição, é preciso construir um planejamento eficaz. O principal desafio, sem dúvida, é modificar a cultura organizacional, porventura enraizada, e transformar a mente das pessoas. A boa notícia é que, mesmo em profissionais com mindset fixo, novos hábitos podem ser instalados e passar a atender ainda mais às tais expectativas e novas mentalidades de trabalho.

Quer receber mais dicas sobre modernização da administração de instituições de ensino? Então, não vá embora sem assinar nossa newsletter para ter acesso a conteúdos exclusivos!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.