Era mobile na educação: como adaptar sua instituição à nova realidade?

Atualizado em

Vivemos em uma sociedade que os métodos convencionais de ensino não são mais suficientes para oferecer uma educação de qualidade. Afinal, a era mobile faz parte de todos os segmentos, inclusive o educacional, por isso, vale a pena entender mais sobre esse conceito.

Tablets, smartphones e notebooks se tornaram equipamentos importantes para o ser humano. Sendo assim, vale a pena aproveitar esse comportamento e explorar tais ferramentas na educação, usufruindo o potencial que a tecnologia pode oferecer.

Neste artigo, entenderemos o que é a “era mobile” e por que é importante adaptar a instituição de ensino a esse modelo. Também traremos dicas de como isso pode ser feito. Por isso, acompanhe a leitura!

O que é a era mobile?

A era mobile pode ser definida como um tempo em que a tecnologia e a informação caminham juntas e trazem benefícios imensos para a sociedade. Os grandes protagonistas dessa fase são os dispositivos móveis, como smartphones e tablets, que ganham cada vez mais visibilidade.

Eles são usados como ferramentas de comunicação, trabalho e educação na era mobile. Isso é feito por meio de aplicativos, redes sociais, mecanismos de busca e outras ferramentas.

A maioria das pessoas têm seu dispositivo móvel ao alcance durante grande parte do dia, de modo que lutar contra essa tendência não contribui para melhorar o ensino em uma instituição.

Por isso, se em algum momento a tecnologia foi vista como uma distração e até proibida na sala de aula, agora é a hora de utilizá-la como um instrumento para dinamizar o processo de aprendizagem.

Por que adaptar a instituição de ensino a esse modelo?

A adaptação à era mobile é fundamental para a instituição de ensino, pois é uma forma de se adequar aos novos recursos que a tecnologia oferece. Afinal, a tecnologia móvel criou a necessidade de se transformar os métodos tradicionais de ensino.

Tais métodos eram fundamentados na transmissão e na exposição de conhecimentos por meio do professor em sala de aula. Entretanto, esse processo não é dinâmico e não explora todo o potencial da educação.

As metodologias ativas e outros métodos de ensino não se limitam a lugares fixos e formas, sendo muito eficientes em ambientes virtuais. Assim, as tecnologias proporcionam o desenvolvimento e o engajamento dos alunos, oferecendo uma aula mais atraente e com novas formas de interação.

Inclusive, o conceito de BYODBring Your Own Device, ou “traga seu próprio dispositivo” — também está sendo empregado na educação de forma interessante e produtiva.

A ideia é que alunos e colaboradores usem os seus dispositivos pessoais para o contexto educacional, o que ajuda a tornar o momento mais interessante. Desse modo, o aprendizado se torna uma experiência interativa, trazendo bons resultados.

como se preparar para a quarta revolução industrial

Como isso pode ser feito?

A era mobile pode ser utilizada de várias formas na educação, sendo importante lembrar que é necessário promover tanto a adaptação dos colaboradores quanto o uso da tecnologia por alunos e familiares. Por isso, confira algumas dicas para utilizar esses dispositivos na sua IES!

Promova o treinamento dos professores

Para que a utilização dos dispositivos seja produtiva, é fundamental promover o treinamento dos professores. Muitos deles podem ter familiaridade com essa tecnologia, porém, para que isso seja aproveitado no contexto educacional, é preciso ter o domínio total sobre as ferramentas.

A preparação e o treinamento do corpo docente devem ensinar como eles podem empregar tais recursos por meio de conteúdos que explorem esse potencial. Para isso, é preciso utilizar a criatividade e a inovação, oferecendo o acesso à tecnologia como apoio no processo de aprendizagem.

Não basta, por exemplo, utilizar os recursos tecnológicos para projetar um conteúdo na tela. É necessário desenvolver métodos que integrem o aprendizado às ferramentas tecnológicas.

Deixe os alunos participarem ativamente da aprendizagem

Os dispositivos móveis são uma boa forma de incluir os alunos na aprendizagem, de modo que eles assumam um papel de protagonismo. Eles podem acessar os conteúdos de qualquer local e no horário desejado, o que também contribui para aumentar o engajamento e a motivação.

Portanto, é papel da instituição e dos professores incentivar a criatividade e o pensamento crítico por meio de conteúdos digitais, tornando a aprendizagem mais dinâmica e atraente.

Melhore a comunicação com os alunos

Com o uso dos dispositivos móveis, a comunicação se torna mais eficiente, direta e transparente, permitindo que recados sejam enviados e recebidos, e facilitando anotações e outras tarefas. Nesse sentido, a instituição pode disponibilizar agendas virtuais, com informações relevantes para professores e alunos.

Os alunos podem ter acesso aos dias de prova e aos resultados das avaliações. Além disso, o espaço pode dar acesso a boletos de pagamento e outras informações importantes. Essa também pode ser uma oportunidade para criar um canal de interação entre os estudantes e o corpo docente, sendo útil para tirar dúvidas, por exemplo.

Por que o mobile é uma tendência?

Talvez você ainda esteja em dúvida se vale a pena investir no mobile para a educação. É interessante notar que o uso dessas ferramentas é tendência em diversos setores. Aliás, de acordo com uma pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil, os brasileiros usam mais o celular do que o computador para acessar a internet.

Isso demonstra que grande parte da população utiliza os dispositivos móveis para várias atividades. Assim, o crescimento do uso do mobile é contínuo, produzindo cada vez mais usuários que sabem como aproveitar as vantagens que ele traz.

Portanto, ignorar que grande parte da sociedade, inclusive os alunos, usam constantemente seus dispositivos prejudica a qualidade do ensino e limita as oportunidades de inovação na sua instituição. Lembre-se de que aula precisa ser atrativa e eficiente, pois isso contribui para o desenvolvimento e a compreensão dos estudantes.

Neste artigo, vimos como a era mobile impacta a educação e oferece oportunidades para as instituições de ensino. O uso dos dispositivos móveis contribui para aumentar o engajamento dos alunos, tornando o processo de aprendizagem mais atraente para eles. Mas para isso, é importante que todos os colaboradores valorizem essa abordagem e empreguem seus esforços para que a estratégia funcione.

Gostou do nosso conteúdo? Então deixe um comentário para contar sua experiência na área ou tirar alguma dúvida sobre esse universo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros