Como otimizar equipe de escola pequena?

Como otimizar o trabalho de uma equipe escolar pequena?

Quando se conta com uma equipe escolar pequena, é muito importante otimizar o trabalho, para que ele seja feito com a maior eficiência possível, sem prejudicar o funcionamento da instituição. Isso exige que cada profissional amplie seus conhecimentos e esteja envolvido com a escola.

Com alguns cuidados e estratégias, é possível ter ótimos resultados mesmo com uma equipe menor. Isso pode, inclusive, ser uma oportunidade para trazer mais destaque ao trabalho dos profissionais e desburocratizar as decisões.

Confira a seguir algumas dicas de como otimizar o trabalho da sua equipe escolar e manter tudo organizado. Vamos lá?

Tenha uma boa equipe

O primeiro passo para conseguir bons resultados quando se conta com uma equipe pequena é selecionar com cuidado os profissionais. No momento da contratação, é preciso avaliar se eles estão alinhados com o perfil da escola, se compartilham dos mesmos valores e se mostram disposição para o comprometimento com a missão da instituição.

Além disso, é importante incluir toda a equipe na tomada de decisões e valorizar o capital humano. Isso fará com que sintam seu trabalho reconhecido e se envolvam mais com a instituição.

Com um grupo menor, o gestor tem a oportunidade de conhecer melhor cada um de seus colegas de trabalho, o que ajuda na hora de delegar as tarefas. Assim, ele sabe mais sobre os talentos individuais e como aproveitar o potencial dos profissionais.

Crie um planejamento

O planejamento das atividades de uma equipe é muito importante em qualquer instituição. Quando se conta com menos profissionais, isso é ainda mais necessário, já que é preciso que o trabalho de cada um deles seja bem aproveitado.

É mais uma oportunidade para aproximar o grupo, pois isso pode ser feito em conjunto. Assim, é preciso avaliar o trabalho que é realizado, definir as metas e perceber os pontos que podem ser aprimorados.

Tudo isso precisa ser feito considerando sempre o que é melhor para os alunos, para que contem com um bom ambiente escolar, capaz de promover seu desenvolvimento integral.

Organize a estrutura física da escola

O espaço físico e a estrutura escolar são fundamentais para que seja realizado um bom trabalho. Assim, os espaços precisam estar sempre bem organizados e contar com os recursos adequados para a atuação dos profissionais.

Mais uma vez, a união do grupo faz toda a diferença. Com o espírito colaborativo e o carinho pelo trabalho que é realizado, é possível que todos mantenham o ambiente mais agradável e organizado, o que permitirá que toda a rotina de trabalho flua bem. Isso também interfere no bem-estar dos alunos e de suas famílias.

Se a escola ou as salas administrativas forem pequenas, é preciso priorizar apenas o que for essencial, para que elas não fiquem cheias de coisas ou que seja difícil encontrar os objetos quando forem necessários. O importante é que o local permita a eficiência, sem deixar de ser acolhedor.

Use a tecnologia a seu favor

Falar que a tecnologia é importante na atualidade não é nada novo. Porém, quando se trata da gestão escolar com uma equipe pequena, ela é essencial. Isso ajuda muito a economizar tempo e a tornar toda a rotina da instituição mais eficiente, além de poupar muito espaço que seria ocupado com papelada.

guia da gestão educacional

Estimular os professores a se atualizarem sobre o uso dessas ferramentas mais modernas também é importante. Assim, a inovação se torna uma realidade na escola, não só para os alunos, mas no cotidiano de toda a equipe.

Os sistemas tecnológicos de gestão escolar podem ajudar a acompanhar os resultados, melhorar a comunicação entre o grupo, agilizar as atividades de rotina, aumentar a captação de alunos, entre outras vantagens.

Com o isolamento social provocado pelo COVID-19, trabalhar remotamente e usar ferramentas de comunicação on-line passou fazer parte do dia a dia das instituições de ensino. Dessa forma, uma prática que parecia impensável há alguns anos, tornou-se parte das equipes das escolas. Demonstrando também toda a importância de usar sistemas em nuvem, que podem ser acessados de um navegador de internet.

Valorize a comunicação

Um dos pontos positivos de ter uma equipe escolar pequena é que o diálogo fica muito mais ágil. É mais simples reunir todos os colaboradores e ouvir as opiniões sobre os assuntos importantes.

Para que isso aconteça da melhor maneira, é preciso prezar pela comunicação clara, objetiva e transparente. Todos devem conhecer bem os valores e os objetivos da instituição e defendê-los em suas ações.

Uma boa maneira de ter sucesso com esse quesito é adotar canais específicos para o diálogo entre a equipe. Isso pode ser feito por meio de recursos digitais e pelos tradicionais murais. Além disso, é importante que todas as decisões fiquem registradas em locais que possam ser acessados pelos colaboradores.

Faça avaliações e ofereça feedbacks

Ter o hábito de fazer avaliações da instituição e oferecer feedbacks para a equipe e também para a comunidade é muito importante para garantir o sucesso e otimizar o tempo. Isso possibilita avaliar quais ações trazem melhores resultados e evita que se desperdice atenção com coisas que não agregam.

Essa é uma maneira de direcionar o trabalho da equipe e proporcionar maior satisfação para alunos e famílias. Além disso, mostra preocupação e transparência com o trabalho que é realizado, o que torna a escola mais confiável.

Assim, é preciso que a avaliação englobe a percepção das pessoas a respeito de todos os aspectos da instituição, como espaço físico, experiência das aulas, gestão escolar, acessibilidade, entre outros.

Invista na qualificação dos profissionais

Como vimos ao longo deste texto, especialmente quando se tem uma equipe reduzida, é muito importante contar com bons profissionais. Para isso, é preciso oferecer capacitações e investir nas qualificações, o que também é bom para a valorização dos talentos.

Oferecer treinamentos pode ser necessário, por exemplo, para que a equipe consiga usar a tecnologia da melhor forma. Palestras, cursos de curta duração, reuniões de estudos e outros recursos podem ser boas alternativas para preparar o grupo.

Para isso, é um bom caminho seguir também as demais recomendações, de manter a comunicação, fazer avaliações da escola e conhecer bem a equipe. São formas de saber quais são os pontos fortes e fracos do grupo e, com isso, perceber quais são as qualificações mais necessárias.

Dessa forma, percebemos que é possível otimizar a gestão quando se tem uma equipe escolar pequena, para que todo o trabalho aconteça com tranquilidade e eficiência, sem sobrecargas. A tecnologia é uma importante aliada nesse objetivo e pode tornar o trabalho muito melhor.

Se você gostou das informações deste texto, compartilhe-o com seus colegas!

Lyceum

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros