Pix para instituições de ensino

PIX para instituições de ensino: entenda o que é e quais os seus impactos

webinar_PIX

Se você tem acompanhado as notícias, provavelmente ficou sabendo do lançamento oficial do PIX no dia 16 de novembro de 2020. Essa é uma ferramenta disponibilizada pelo Banco Central do Brasil, e nós não poderíamos deixar de falar do impacto do PIX para as instituições de ensino.

Nesse contexto, além das informações divulgadas na mídia, procuramos um especialista para entender melhor sobre o tema. O resultado da conversa com Fabio Cespi, Diretor do Lyceum, você pode acompanhar a seguir.

Aproveite para ficar por dentro do assunto!

O que é o PIX?

O PIX é um novo recurso para fazer transações financeiras. Como falamos, essa foi uma iniciativa do Branco Central (BC) para tentar simplificar a realização de pagamentos e transferências. De acordo com o BC, o termo tem relação com as palavras “pagamentos instantâneos” e o “x” que representa a variável matemática.

Duas de suas maiores vantagens são rapidez e disponibilidade. Os usuários conseguem fazer os serviços em segundos, a qualquer hora e dia da semana. Antigamente, era comum encontrar restrições para pagar um boleto ou mandar dinheiro para outra conta — por exemplo, isso só poderia acontecer dentro do horário comercial e de segunda a sexta-feira.

A proposta foi justamente facilitar tudo isso, inclusive porque a utilização do PIX não envolve processos burocráticos. Qualquer pessoa que tenha uma conta bancária consegue cadastrar a chave no aplicativo do seu banco (ou pelo internet banking).

Como o PIX funciona?

O PIX surge como uma alternativa para quem for fazer transações bancárias, considerando que os pagamentos em dinheiro vivo tendem a ser mais arriscados e nem sempre são possíveis dependendo do contexto.

Tradicionalmente, as opções disponíveis eram TED (Transferência Eletrônica Disponível) e DOC (Documento de Ordem de Crédito), que são mais demoradas e podem acabar tendo um custo relativamente alto.

Por sua vez, a maioria das operações pelo PIX é gratuita, além dos benefícios da praticidade e agilidade. As transações podem ser feitas entre:

  • duas pessoas físicas;
  • uma pessoa física e um estabelecimento comercial;
  • dois estabelecimentos comerciais;
  • uma pessoa física ou jurídica para o governo (como ao pagar impostos).

O principal critério é que o pagador e o recebedor tenham contas ativas em bancos ou outras instituições financeiras semelhantes, como fintechs. Então, é preciso apenas criar a “chave PIX”, que deve ser atrelada a alguma forma de identificação como documento, telefone, e-mail etc.

Se for receber alguma remessa, basta divulgar a sua chave para o responsável pelo envio. Quem quiser fazer um pagamento deve optar pelo PIX no seu aplicativo ao invés de escolher outros meios. Tudo acontece em tempo real e sem qualquer intermediário, melhorando a experiência ao lidar com esse tipo de tarefa.

Como o PIX afeta as instituições de ensino?

Fabio afirma que a relação financeira entre os alunos e as instituições particulares é facilitada com o PIX, tendo como principais vantagens a agilidade e o custo reduzido.

como se preparar para a quarta revolução industrial

“O aluno poderá pagar suas mensalidades a partir do celular a qualquer tempo ou em qualquer lugar que estiver. O dinheiro fica disponível imediatamente para a instituição, eliminando trabalhos manuais como a conciliação bancária. Além disso, o custo operacional deverá ser muito menor do que os outros meios de pagamento hoje utilizados, como boleto e cartão de crédito.”

Ou seja, os benefícios são para ambas as partes. As escolas oferecem uma oportunidade de simplificar os pagamentos feitos pelos seus clientes (pais, alunos ou responsáveis) ao mesmo tempo em que conseguem receber o dinheiro mais rapidamente e sem ter que lidar com burocracias como a geração de boletos.

Como as IES podem se preparar para o lançamento do PIX?

É superimportante que as instituições fiquem ligadas nessa novidade e ofereçam essa possibilidade para todos que se relacionam financeiramente com elas, não só os alunos como outros clientes e fornecedores. Deixar de oferecer um benefício pode resultar em perda de vantagem competitiva no mercado.

Porém, como destaca Fabio, é essencial ter cuidado com os processos de gestão de manuseio de dinheiro. Afinal, os erros devem ser evitados ao máximo para não gerar problemas ainda maiores. Esse é um dos motivos pelos quais a implementação do PIX precisa ser bem planejada.

Nesse sentido, ter um sistema de gestão automatizado de recebimento é um ponto mais do que favorável, pois diminui a preocupação relacionada a atualizações como essa.

No caso das escolas e faculdades que contam com o sistema Lyceum, todos podem ficar tranquilos porque as versões já foram atualizadas para integrar a nova funcionalidade do PIX, seguindo as normas definidas pelo Banco Central.

Como o Lyceum está se preparando para essa novidade?

A solução do PIX já é conhecida pela equipe Lyceum e integrada em seus produtos, o que confere um diferencial para todos os parceiros.

Fabio explicou alguns detalhes de como isso funciona na prática: “nos processos de captação, os candidatos poderão pagar e ingressar automaticamente a partir de pagamentos por PIX”. Isso quer dizer que as matrículas e taxas de vestibulares, por exemplo, podem ser pagas de um jeito prático e rápido.

Os estudantes que já estão matriculados e têm acesso ao portal do aluno também conseguem realizar transações ágeis pelo PIX, principalmente na hora de pagar a mensalidade ou outros valores acordados com a instituição de ensino. Os aplicativos para alunos e pais de alunos estão integrados ao meio de pagamento.

Por último, o Diretor do Lyceum ainda fala da integração com outro canal — o chatbot. Quem acompanha as tendências tecnológicas provavelmente sabe que esse tem sido um meio de comunicação muito utilizado para fazer o atendimento à comunidade, não só para instituições de ensino como também para outros tipos de negócio.

Como é possível incluir recebimentos por boleto e cartão nesse sistema, agora também dá para adicionar essa nova opção. Mais uma vez, o objetivo de oferecer comodidade é alcançado.

Agora que você já sabe como funciona o PIX para instituições de ensino, não deixe de aproveitar os seus benefícios para melhorar o controle financeiro e aprimorar ainda mais a experiência da sua comunidade.

Tem alguma outra dúvida sobre o assunto ou quer conhecer melhor as soluções Lyceum? Entre em contato conosco. Estamos à disposição!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros