Educação 4.0

O que é Educação 4.0 e como se adaptar para essa nova realidade?

webinar_PIX

As metodologias educacionais estão em constante evolução, e é importante acompanhar as inovações para oferecer mais qualidade de ensino aos estudantes. A Educação 4.0 é um conceito ligado às inovações tecnológicas que podem ser empregadas no setor educacional.

Uma instituição de ensino que busca qualidade está sempre procurando novas metodologias e ferramentas que melhorem o processo de aprendizagem. Sendo assim, é interessante conhecer mais sobre esse conceito e como ele pode beneficiar o processo educacional.

Neste artigo, vamos entender o que é Educação 4.0 e quais são os principais desafios dessa estratégia. Além disso, veremos o perfil que o professor deve ter e como o gestor pode implementar essa transformação.

Continue a leitura!

O que é a Educação 4.0?

A Educação 4.0 é um conceito que está alinhado ao da Revolução Industrial. A sociedade se encontra na quarta versão da revolução, conhecida também como Indústria 4.0. Se, no começo, os principais elementos eram o carvão e o ferro, agora, a tecnologia é a protagonista do processo de transformação.

Do mesmo modo, a Educação 4.0 tem como aspecto fundamental a inovação tecnológica. O objetivo principal é trazer os recursos tecnológicos para o cotidiano da gestão escolar, aumentando a qualidade dos processos administrativos e transformando a dinâmica das salas de aula, com a ajuda de metodologias diferenciadas.

Além disso, essa estratégia de ensino acredita no learning by doing. Isso significa que os estudantes devem aprender de modo prático, não se limitando aos aspectos teóricos, o que envolve a aplicação de metodologias ativas, como cultura maker e ensino híbrido.

O uso simples de tecnologias e dispositivos não representa verdadeiramente a Educação 4.0. Para que a estratégia funcione, é imprescindível que esses elementos estejam de acordo com um planejamento pedagógico estratégico definido de forma detalhada. O objetivo é desenvolver habilidades variadas, como autonomia e pensamento crítico, não permitindo que o processo de aprendizagem seja somente uma replicação de conhecimento.

Quais são os principais desafios dessa estratégia?

A implementação dessa estratégia traz desafios para gestores e professores das instituições de ensino, tanto de nível médio quanto superior. Um dos principais problemas enfrentados é a falta de infraestrutura, visto que o investimento em internet de alta velocidade e ferramentas tecnológicas é considerado alto. Confira outras dificuldades!

Para professores

O primeiro desafio é preparar os professores para dominarem o conceito e se adaptarem à tecnologia. Eles precisam passar do papel de apenas emissores do conhecimento por meio de livros e aprender a utilizar aplicativos e jogos para aumentar o engajamento dos estudantes.

Atividades e projetos capazes de incentivar autonomia na aprendizagem, a solução de problemas, os aspectos socioemocionais e outras competências são os principais objetivos da Educação 4.0.

Para gestores

Os gestores também são desafiados para que a transformação educacional aconteça nas instituições que comandam. Eles precisam tomar as decisões que envolvem a implantação da tecnologia na administração da instituição, além de automatizar sistemas de matrícula e rematrícula on-line.

como se preparar para a quarta revolução industrial

Além disso, os gestores precisam, em conjunto com os professores, transformar a maneira de avaliação. Com a aplicação da Educação 4.0, o modelo tradicional de notas deve dar espaço a uma abordagem no desenvolvimento pessoal de cada estudante e seus interesses.

Qual é o perfil que o professor deve ter para atuar alinhado com esse conceito?

As mudanças adotadas também exigem a preparação dos professores, que necessitam desenvolver habilidades e competências relevantes para a aplicação da Educação 4.0. Esse contexto pode ser visto como uma oportunidade de evolução do processo de ensino e de crescimento pessoal e profissional para os docentes.

Os professores serão os principais incentivadores das novas possibilidades e atividades, promovendo a autonomia e o desenvolvimento de habilidades nos estudantes. Para isso, é preciso aprender a usar e dominar computadores, projetores de multimídias, quadros interativos, tablets, smartphones e outros dispositivos que possam facilitar a rotina educacional.

O papel do professor em sala de aula também se modifica, pois ele deixa de ser o único detentor do conhecimento e passa a ser um orientador na construção da aprendizagem. Sendo assim, ele age como um incentivador e parceiro dos estudantes. A utilização de metodologias ativas é fundamental nesse processo.

De modo geral, o professor deve ser flexível, capaz de atuar em diversas funções na rotina de aprendizagem. Ele poderá ser um aprendiz, mediador, orientador ou pesquisador, variando de acordo com o objetivo traçado para cada aula.

Como o gestor pode implementar ações para proporcionar essa transformação?

O gestor tem um papel fundamental na implementação de ações que ajudam a proporcionar essa transformação. Saiba o que pode ser feito!

Desenvolver uma cultura digital

Uma das primeiras atitudes para aplicar esse conceito é trabalhar no desenvolvimento de uma cultura digital na instituição. É preciso fazer que com que os estudantes entendam a importância da tecnologia para o ensino e que os professores reconheçam a relevância desses recursos para o cotidiano educacional.

Mudar a infraestrutura da instituição

Outro ponto importante é a mudança da infraestrutura educacional da instituição. Isso envolve o investimento em tecnologias de ponta, com computadores e outros dispositivos que ofereçam as condições necessárias para execução das atividades.

Capacitar os professores

Para fazer valer o investimento, é preciso cuidar da capacitação dos professores, como já demonstramos neste texto. Os docentes devem ser considerados no processo de transformação, sendo essencial treiná-los com a ajuda de profissionais que já dominam essa metodologia.

Investir no que for prioritário

Os recursos tecnológicos têm um custo, e nem sempre a instituição consegue ter todas as ferramentas que são do seu desejo. Por isso, é preciso entender quais tecnologias suprem as necessidades da sua instituição e que podem ser implementadas com mais eficiência e velocidade.

Neste artigo, explicamos o que é a Educação 4.0 e de que forma professores e gestores podem contribuir na implantação desse modelo. O uso das tecnologias é cada vez mais necessário, tornando-se uma tendência em diversas instituições de ensino. Portanto, vale a pena investir nessa metodologia e preparar sua instituição para evoluir e oferecer uma educação moderna e de qualidade.

Gostou deste conteúdo? Então, entre em contato conosco e veja como nosso sistema pode contribuir com a gestão da sua instituição!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros