marketing educacional

Confira as 7 principais tendências de marketing educacional

webinar_PIX
Lyceum - Acervo Acadêmico Digital

Uma instituição de ensino superior (IES) deve estar sempre em busca de mais alunos, aumentando sua competitividade e qualidade no mercado. O marketing educacional é fundamental nesse cenário, oferecendo estratégias que contribuam com a captação e a gestão de permanência dos estudantes.

Acompanhar as inovações dessa área é essencial para qu

em deseja aproveitar as oportunidades que o marketing educacional oferece. Por meio de diversas ações, é possível tornar as instituições mais atraentes e melhorar a captação de alunos, além de trabalhar o relacionamento com os que fazem parte do corpo estudantil.

Neste artigo, traremos 7 principais tendências e inovações relacionadas ao marketing educacional. Confira nossas sugestões e aproveite para fortalecer sua instituição!

1. Omnichannel

O omnichannel é uma estratégia muito utilizada em vários cenários do marketing. Nesse contexto, o objetivo é mesclar diferentes canais de aquisição de alunos, atingindo o público-alvo de várias maneiras. Desse modo, as ações offline e online serão utilizadas de forma a melhorar a relação entre elas.

As ações de marketing digital serão fortalecidas pelo cenário offline e vice-versa. O importante é que a comunicação chegue ao público para que a experiência seja mais completa.

Para aplicar essa estratégia, é fundamental ter uma equipe preparada para atender a vários canais de comunicação, fazendo uma boa interligação entre eles. Por isso, é importante ter um sistema que faça a integração dos dados, facilitando o gerenciamento das ações e a verificação dos resultados.

2. Marketing de experiência

Outra tendência que faz parte do setor educacional é o marketing de experiência, que muitas vezes foi associado somente a produtos tangíveis. Na educação, ele é utilizado para demonstrar o valor do serviço de uma forma prática, trazendo mais confiança para quem está interessado em um curso.

Várias estratégias podem ser aplicadas, como tour presencial, aulas experimentais e até mesmo um tour virtual pela instituição. O ideal é oferecer essas possibilidades para os interessados, mostrando as principais qualidades do local e do ensino oferecido, pois essa abordagem passa segurança.

3. Marketing de recomendação

Uma das melhores maneiras de conquistar um cliente é pela recomendação de alguém que usa ou já usou determinado produto ou serviço. Por esse motivo, essa é uma tendência muito relevante para as instituições de ensino, trazendo diversos resultados positivos.

Para que o marketing de recomendação funcione, a instituição precisa de conteúdo produzido pelos próprios alunos. Esse material pode ser usado de diversas maneiras, como vídeos produzidos pelos estudantes, depoimentos escritos no site institucional ou, quem sabe, matérias escritas para um blog.

Além disso, as redes sociais também são um canal importante. As instituições podem estimular os estudantes a compartilharem fotos do dia a dia, experiências de ensino relevantes ou o que acharem interessante. Esse conteúdo atingirá os seguidores deles e pode ser repostado pelas páginas oficiais, melhorando o alcance e a autoridade das postagens.

Lei Geral de Proteção de Dados

4. Chatbots

Os chatbots são excelentes alternativas para agilizar o atendimento dos interessados em se matricular na instituição. Com uma comunicação automatizada cada vez mais precisa, graças à Inteligência Artificial e ao Machine Learning, é possível que esse serviço se torne cada vez mais humanizado e eficiente.

Isso não significa que não seja necessário ter uma equipe de atendimento, mas que ela pode ter o trabalho facilitado por essa tecnologia, pois respostas simples podem ser obtidas rapidamente pelos interessados. O potencial aluno consegue tirar suas dúvidas de forma instantânea pelo chat, sem a necessidade de procurar um telefone ou e-mail de contato.

Desse modo, os atendentes receberão apenas potenciais alunos que têm dúvidas mais complexas, tendo mais tempo para se dedicar a oferecer um serviço de qualidade. Isso permite que a equipe de captação se concentre em buscar novas estratégias com mais tranquilidade.

5. Marketing de influenciadores

O marketing de influenciadores tem sido muito utilizado pelas empresas, pois oferece a opinião de pessoas respeitadas e famosas sobre determinado assunto. No contexto educacional, ele também é interessante, entretanto, o importante é mostrar a experiência de alguém que tenha proximidade com a realidade da instituição.

Sendo assim, é mais interessante retratar a vida de um aluno e as experiências que ele tem do que ouvir a opinião de um famoso sobre a qualidade de ensino. Esse estudante pode demonstrar sua realidade, a infraestrutura e outros pontos positivos para os seguidores, melhorando a reputação da instituição.

É muito importante criar um relacionamento real, sem forçar uma aproximação com alguma pessoa que não tenha relação com a instituição. Sendo assim, os potenciais alunos podem sentir vontade de viver a mesma experiência do influenciador.

6. Conteúdo em vídeo

O consumo de vídeos na internet é uma tendência que vem ganhando cada vez mais espaço, por isso, nada melhor que aproveitar esse interesse dos internautas para o marketing educacional. A grande vantagem desse formato é , que ele oferece possibilidade de viralizar, principalmente nas redes sociais.

Por meio de conteúdos em vídeo, é possível mostrar a realidade da instituição, suas qualidades, a infraestrutura e até promover aulas experimentais gratuitas. Essas possibilidades são interessantes para atrair interessados, demostrando um pouco do ensino oferecido. Portanto, vale a pena investir nos diferentes canais e formatos, aumentando a possibilidade de alcançar o público-alvo.

7. Gestão de permanência

Buscar novos estudantes é importante, mas a gestão de permanência de alunos é fundamental para o marketing educacional, afinal, não adianta somente captar, é preciso manter aqueles que já estão na instituição.

Para que isso se torne realidade, melhorar o relacionamento com os alunos é fundamental, e isso pode ser feito por meio das redes sociais e por uma comunicação mais direta entre instituição e estudantes. Esses canais devem ser utilizados para entender melhor as necessidades deles e auxiliá-los a alcançar suas metas.

Neste artigo, apresentamos algumas tendências de marketing educacional que são fundamentais para as instituições de ensino. É importante se manter informado sobre as inovações da área e aplicar essas estratégias na captação e gestão de permanência dos alunos. Agindo dessa maneira, é possível aumentar a competitividade e força da sua instituição.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para seguir a nossa página do Facebook e receba outras informações relevantes sobre o mercado educacional e as novidades dessa área!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros