Blockchain na educação: o que é, como aplicar e quais as vantagens?

Atualizado em

As soluções de outros mercados podem ser úteis para o contexto educacional, já que os recursos tecnológicos são eficientes para diversos processos. O blockchain na educação é um exemplo do aproveitamento de uma ferramenta do mercado financeiro no ambiente de ensino.

Como você já deve imaginar, o uso dessa ferramenta não se limita ao mercado financeiro, já que a segurança oferecida pode ser aproveitada por outros ramos de atuação. A burocracia e a falta de segurança nas informações é um dos pontos críticos da gestão de uma instituição de ensino, por exemplo, e buscar recursos que possam otimizar essas tarefas é fundamental.

Neste artigo, vamos entender o que é o blockchain e de que maneira ele pode ser aplicado na educação. Além disso, mostraremos algumas vantagens da utilização dessa tecnologia. Continue a leitura!

O que é blockchain?

O blockchain é uma solução tecnológica criada há aproximadamente 10 anos com o objetivo inicial de proteger as operações com criptomoedas, como o Bitcoin. Ela permite que as bases de registros e dados sejam distribuídas e compartilhadas, criando uma rede descentralizada, o que contribui para a segurança das informações.

Desse modo, os dados armazenados nele apresentam um registro público e aberto, pois o controle não é feito por apenas uma pessoa ou instituição. Assim, todas as informação são registradas em correntes de blocos, sendo que cada um deles conta com códigos criptografados, o que dificulta bastante a modificação completa dos arquivos.

Portanto, essa tecnologia é uma alternativa para a manutenção de uma fonte de informação compartilhada e com um nível de segurança elevado, trazendo mais confiabilidade para o armazenamento de dados e reduzindo o número de fraudes.

Como a tecnologia pode ser aplicada na educação?

A área da educação pode aproveitar essa tecnologia de diversas maneiras. O uso diversificado do blockchain é capaz de oferecer funcionalidades para as instituições e para os alunos. Vamos conferir algumas delas!

Permite o acesso a diplomas e certificados digitais

O uso dessa tecnologia permite que diplomas e certificados sejam emitidos e validados por meio da internet, sem restrições geográficas ou a necessidade de um documento físico. Isso facilita a vida dos alunos e também de empresas interessadas nos estudantes , já que o processo de seleção é agilizado e a possibilidade de fraudes diminuída.

Possibilita a verificação automática de créditos e títulos

A verificação de créditos e títulos é um processo extremamente burocrático, já que é feito manualmente. Além disso, a confiabilidade das informações passadas não é garantida. A tecnologia contribui para mudar esse cenário, pois é possível confirmar a veracidade e origem de certificados por meio do acesso ao sistema. Essa facilidade ajuda a poupar tempo e aumenta a confiabilidade dos dados.

Torna possível pagamentos de alunos e financiamentos estudantis

Os pagamentos dos alunos para a instituição podem ser um setor problemático, devido à burocracia e ao grande número de fraudes. Blockchains possibilitam a emissão de vouchers criptografados, que podem ser usados como créditos financeiros, facilitando a transação e trazendo mais segurança.

como se preparar para a quarta revolução industrial

Além disso, ele ajuda a quebrar a burocracia para financiamentos estudantis, pois permite a criação de vouchers que só são liberados caso o aluno atinja determinados objetivos, sem a necessidade de intermediários na operação.

Quais são as vantagens de utilizar o blockchain na educação?

Como vimos, a tecnologia pode ser utilizada de algumas formas diferentes, trazendo benefícios para as instituições de ensino superior (IES) e seus alunos. Vamos ver algumas vantagens que ela traz!

Aumento da segurança das informações

As informações de uma instituição de ensino superior precisam ser guardadas de forma segura, uma vez que muitas delas podem ser sigilosas. A tecnologia blockchain contribui para aumentar a segurança no armazenamento de informações, como resultados de um vestibular.

Uma vez colocadas as informações no blockchain, ele não pode ser alterado ou invadido sem o consentimento do responsável, o proprietário da informação. Dessa forma, a confiança entre alunos e instituição é reforçada, já que a organização garante a confiabilidade de seus dados.

Desmaterialização de documentos

Por meio do blockchain é possível substituir o papel, já que ele permite a desmaterialização de documentos, eliminando assim o risco de invasão, falsificação ou perda de documentos e registros importantes. Além disso, contribui para a economia de custos de armazenamento e diminuição de utilização do espaço físico.

Centralização de dados importantes

Outra vantagem de utilizar esse recurso é a permissão do registro permanente de toda a vida acadêmica do aluno, reunindo informações como notas, histórico escolar, faltas, dentre outros dados relevantes. Desse modo, é possível diminuir o número de fraudes, já que a alteração ou perda desses documentos não acontecem com facilidade.

Além disso, o blockchain facilita a transferência do aluno para outro curso ou mesmo para outras instituições, já que é preciso apenas repassar a chave de acesso ao perfil do estudante para que todas as informações sejam acessadas e, caso necessário, atualizadas.

Preservação de acervos digitais

Com o blockchain, é possível encontrar materiais originais e diminuir a distribuição indevida de artigos plagiados ou que não respeitem a propriedade intelectual. Isso porque qualquer pessoa terá acesso à data e outros dados soabre a autoria de cada documento, já que essa informação será registrada automaticamente com o seu envio.

As ferramentas melhoram a proteção da propriedade intelectual de conteúdos e possibilitam que o uso de trechos ou de pedaços maiores das obras em outras plataformas, sejam permitidos apenas mediante a uma remuneração ao autor original. Desse modo, é possível diminuir o número de plágios e incentivar a produção de conhecimento científico original.

Essas são algumas das possibilidades de utilização do blockchain na educação. Como vimos, essa tecnologia traz benefícios tanto para a IES quanto para os alunos, conferindo mais segurança ao armazenamento dos dados e agilidade a processos que são lentos quando feitos de forma manual. Por isso, investir nessa solução é uma forma de qualificar a gestão educacional.

Gostou de conhecer as facilidades que essa tecnologia proporciona para a educação? Então, aproveite para compartilhar o artigo nas suas redes sociais e ajude mais gestores a conhecerem essa solução!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros