rematrícula

Rematrícula: como se preparar no período pós-pandemia

A crise gerada pela pandemia do coronavírus afetou diretamente o setor educacional, afinal, a necessidade de isolamento social impede a realização de aulas presenciais, prejudicando o andamento do semestre letivo. Desse modo, a gestão da permanência dos alunos é uma preocupação, sendo interessante encontrar maneiras de facilitar a rematrícula nesse período.

A insegurança dos alunos diante desse cenário é normal, por isso, é importante buscar estratégias que minimizem os impactos e mantenham a instituição próximo do corpo estudantil. Com um planejamento detalhado, é possível melhorar a gestão da permanência e evitar a evasão de estudantes.

Pensando nisso, trouxemos algumas medidas que sua Instituição de Ensino Superior (IES) pode tomar para obter melhores resultados na rematrícula e gestão da permanência de alunos. Confira nossas sugestões!

Ofereça benefícios na rematrícula

Uma das melhores estratégias para aumentar o número de rematrículas é oferecer benefícios para os alunos. Isso se torna ainda mais claro em um momento de crise econômica, no qual muitas pessoas estarão em situações financeiras mais complicadas, precisando de incentivos para continuar estudando.

Diante disso, é hora de pensar em estratégias que sejam interessantes para atrair os estudantes e que não comprometam a saúde financeira da IES. É preciso encontrar descontos ou benefícios que podem ser oferecidos como uma vantagem, aumentando o interesse e facilitando a operação.

É possível trabalhar com oferecimento de descontos e sorteio de itens especiais entre os rematriculados. Outra estratégia é oferecer condições melhores de pagamento, o que facilita a vida do aluno e permite que ele tenha mais flexibilidade nesse momento.

O objetivo dessas estratégias é antecipar as rematrículas: isso ajuda a garantir a renovação antes do fim do semestre. Por meio delas, a instituição consegue planejar melhor os próximos passos, tendo em vista o número de estudantes e as turmas que estarão em funcionamento.

Disponibilize a opção de rematrícula online

Como o cenário ainda exige cuidados com aglomerações, é fundamental disponibilizar a opção de rematrícula online, e a tecnologia ajuda a tornar essa operação simples. Essa alternativa traz mais segurança para os estudantes, que não precisam se deslocar até um local específico e enfrentar filas para fazer o pagamento e garantir sua vaga.

A burocracia e a demora excessiva prejudicam muito a renovação das matrículas. Portanto, é preciso encontrar maneiras de simplificar esse processo, buscando otimizar o tempo de atendimento e beneficiando os dois lados, alunos e instituição.

É interessante notar que a maioria das informações necessárias para a rematrícula, como dados pessoais e estudantis do aluno, já está com a instituição. Desse modo, não é necessário refazer um cadastro pormenorizado desses aspectos, facilitando o processo.

Ao oferecer a oportunidade de rematrícula online, a IES demonstra que se preocupa com os alunos e que está disposta a entregar as melhores condições para que ele permaneça. Além disso, essa alternativa traz mais agilidade para o processo, contribuindo para a satisfação do aluno.

Divulgue as medidas de segurança que serão adotadas para o retorno ao ensino presencial

Como o cenário é de insegurança, pois o distanciamento social ainda é uma necessidade, é fundamental divulgar o planejamento para oferecer aulas presenciais de forma segura. Nenhum aluno se sente confortável para voltar ao regime presencial sem saber as medidas que serão adotadas.

guia da gestão educacional

Portanto, é fundamental fazer um planejamento detalhado para esse momento, verificando tudo o que é necessário para um retorno seguro. É preciso pensar na reorganização das salas de aula, aumentando o espaço entre as carteiras e permitindo que a distância recomendada seja mantida.

Outra estratégia interessante é promover o revezamento entre os alunos, pedindo para que cada grupo venha em dias determinados e intercalados. Desse modo, o número de pessoas na instituição será menor, contribuindo para evitar situações de aglomeração.

Além disso, os cuidados com a higienização dos espaços comuns e salas de aula devem ser redobrados, garantindo a limpeza de todos os ambientes. Também vale a pena reforçar a importância do álcool gel e a utilização das máscaras.

Depois de definir todos esses aspectos, é hora de divulgar as medidas que serão tomadas. Desse modo, todos saberão que a instituição está tomando precauções e cuidados necessários para o momento.

Estabeleça um cronograma eficiente

Outra estratégia interessante é estabelecer um cronograma eficiente, visando ao cumprimento do calendário letivo. É normal que os alunos pensem que o ano está perdido, afinal, nem todos valorizam as aulas a distância nem acreditam que será possível retornar ao modelo presencial.

Essa insegurança pode levar ao cancelamento de matrículas. Para combater essa tendência, a instituição deve estabelecer um cronograma detalhado, que mostre aos alunos que é possível executar as atividades letivas previstas para 2020 dentro do próprio ano.

Desse modo, todos terão mais segurança para fazer a rematrícula, tendo a certeza de que o calendário será cumprido. Portanto, vale a pena apresentar o plano e demonstrar que a instituição encontrou formas de viabilizar um ensino de qualidade.

Mantenha o relacionamento em dia

Ainda que as aulas a distância estejam acontecendo, é normal que um distanciamento entre instituição e alunos aconteça nesse momento. Por isso, é importante estar presente e manter o relacionamento, o que não pode ser feito de modo presencial, mas existem ferramentas que possibilitam essa relação.

Saiba usar os canais de comunicação para informar aos alunos o que está acontecendo, quais são os planos para o futuro, entre outros conteúdos relevantes. Esse contato é muito importante para que o vínculo seja fortalecido, não deixando esfriar o interesse do aluno.

Por meio desse contato, lembre-se de divulgar os prazos para rematrícula e como o processo será realizado. Como a divulgação não pode ser presencial, é fundamental investir em diversos canais, garantindo que as informações cheguem para todos os envolvidos: e-mail, redes sociais, WhatsApp etc.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas sobre rematrícula no período pós-pandemia. Como vimos, a instituição pode tomar diversas medidas para facilitar esse processo, colaborando para o retorno às aulas presenciais. Essa é uma forma de evitar a perda de alunos e melhorar os índices de permanência, trazendo mais segurança para continuar evoluindo.

Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para entrar em contato conosco e saiba como podemos contribuir com sua instituição neste momento!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros