Evasão de alunos: entenda as principais causas e como evitar

Atualizado em

A evasão de alunos é um problema constante para os administradores de uma instituição de ensino e que afeta a vida de muitos jovens. Para evitar esse processo, é importante entender os motivos que levam os estudantes a abandonar os estudos e quais atitudes podem diminuir os casos de afastamento.

O número de estudantes menores de idade que abandonam os estudos aumenta a cada ano. De acordo com o Censo Escolar, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as matrículas na Educação Básica caíram 1,3 milhão em 4 anos. O resultado disso é que praticamente 4 em cada 10 jovens de 19 anos ainda não concluíram o ensino médio.

Neste artigo, vamos entender quais são as principais causas da evasão de alunos e suas consequências. Além disso, mostraremos algumas atitudes que ajudam a evitar esse processo. Confira!

Conheça as principais causas da evasão de alunos

Vários fatores ajudam a explicar o número alto de evasão escolar no Brasil. Vamos conhecer os principais!

Distância

A distância é um dos principais causadores da ausência dos alunos em sala de aula. Ela é mais comum entre comunidades pobres e estudantes de zonas rurais, já que, para eles, o deslocamento até a escola é muito longo e caro, o que acaba desanimando as crianças e suas famílias.

Situação econômica desfavorável

Muitos jovens não têm condições mínimas de alimentação, vestuário ou higiene para frequentar a escola de maneira digna. Além disso, sofrem com falta de estrutura em casa para realizar os deveres, pois não conseguem acesso à internet, livros e cadernos, prejudicando muito o desempenho e o interesse pela escola.

Desinteresse

Esse é outro motivo determinante para a alta taxa de evasão entre os estudantes. Isso acontece porque o aluno não consegue perceber a importância que o estudo tem para a vida, portanto, não se interessa em continuar estudando.

Não entender o comportamento das novas gerações

As novas gerações têm hábitos diferentes e a escola precisa entender esse novo comportamento. O ensino tradicional não funciona como antigamente, sendo necessário oferecer novas metodologias e outros recursos em sala de aula.

Quando o aluno percebe que a instituição não oferece uma educação atualizada, perde a motivação em se manter na escola e falta às aulas — isso, então, leva ao abandono do estudo.

Déficit de aprendizagem

O déficit de aprendizagem leva alguns alunos a passar por reprovações consecutivas, o que é um fator determinante para gerar a desmotivação do estudante. Ele não entende que é capaz de acompanhar o desenvolvimento dos colegas ou, em outros casos, não se sente bem ao frequentar a sala de aula com estudantes muito mais novos.

A soma desses problemas leva ao abandono escolar, além de trazer graves problemas psicológicos para o jovem.

Entenda as consequências da evasão escolar

A evasão escolar gera consequências negativas para os jovens e para a instituição: os alunos não adquirem os conhecimentos e a formação necessária para alcançar posições melhores no mercado de trabalho, enquanto a escola também sofre algumas perdas.

No lado do aluno, a falta de qualificação diminui as oportunidades de trabalho e a solidificação de uma carreira. Não ter o diploma de conclusão do ensino médio impede que o jovem se candidate a inúmeras posições, deixando-o limitado a setores que oferecem salários mais baixos e condições piores.

Considerando a necessidade de se sustentar, muitas vezes o jovem precisa lidar com múltiplas jornadas de trabalho, assim reduzindo as possibilidades de qualificação, já que não sobra tempo para eventuais cursos, por exemplo.

Já para a instituição de ensino, a evasão contribui negativamente para o cálculo das taxas de rendimento escolar, já que esses índices têm como base o somatório do número de estudantes aprovados, reprovados e evadidos em dado ano letivo. Essas taxas são importantes para comprovar a qualidade da escola e do ensino oferecido.

Saiba como evitar a evasão de alunos

Algumas atitudes da escola ajudam a evitar a evasão de alunos, diminuindo as consequências disso para a vida dos jovens. Confira algumas delas!

Oferta de atividades multidisciplinares

Como vimos anteriormente, o desinteresse pode ocorrer pela falta de metodologias diferenciadas ou até mesmo por conta de déficit de aprendizagem. Desse modo, oferecer atividades multidisciplinares contribui para que os estudantes se motivem mais durante as aulas.

Os conteúdos multidisciplinares permitem que o aluno aprenda de maneiras diferentes, o que ajuda a superar dificuldades em algumas disciplinas. Ao diminuir os empecilhos e possibilitar o aprendizado dinâmico, os estudantes são estimulados a permanecer na escola.

Gestão escolar eficiente

A gestão de uma escola pode ser um fator determinante para a permanência dos alunos. Ela precisa ser eficiente, sabendo utilizar os recursos disponíveis da melhor maneira possível e oferecendo um ensino de qualidade.

A gestão escolar também engloba o acompanhamento pedagógico de cada aluno. Quando bem feita, permite detectar as dificuldades e encontrar maneiras de solucionar os problemas. Desse modo, um sistema tecnológico pode ser importante para acompanhar o desenvolvimento de cada aluno e prever abandonos.

Proximidade com as famílias

O acompanhamento do desempenho de cada estudante é fundamental, mas junto com ele é importante manter proximidade com as famílias. O professor pode conhecer bem o aluno, mas os familiares entendem outros sentimentos e emoções que podem explicar o motivo de desinteresse do jovem.

Incluir os familiares do aluno no processo ajuda a evitar as faltas frequentes e, nos casos de desinteresse, é uma boa forma de incentivar a retomada do estudo. Portanto, orientar a família sobre o que acontece com o estudante na escola e como lidar com possíveis situações é uma forma de evitar o afastamento.

Neste artigo, conhecemos os principais motivos da evasão de alunos e como ela é prejudicial para os jovens. Acompanhar o desempenho de cada estudante é uma forma de garantir que seu desenvolvimento esteja dentro do esperado — caso contrário, possibilita a adoção de estratégias diferenciadas. Desse modo, é possível reduzir esse número e garantir a permanência na instituição.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para ler outro artigo de nosso blog que fala sobre as metodologias ativas de aprendizagem, que podem ser importantes para a manutenção dos alunos na escola!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Parceiros