UniFEOB projeta 20 mil alunos no EaD em 5 anos

No ano em que completa 50 anos de atividades, o UniFEOB acaba de dar mais um passo importante. Semana passada, após receber nota máxima do Ministério da Educação (MEC) na modalidade Ensino a Distância, o Centro Universitário anunciou 39 cursos EaD, os quais já passam a atender os interessados a partir de 2016.

Para falar sobre o assunto, O MUNICÍPIO conversou com o pró-reitor administrativo do UniFEOB, Carlos Guisasola. Ele falou sobre o novo passo dado pela Instituição de Ensino, que promete ser um marco para a Educação em São João e região, atraindo estudantes de todo o Brasil.

PROJEÇÃO DE ALUNOS

Cauteloso, o pró-reitor avalia que numa primeira captação de alunos para os cursos a distância, ao longo de 2016, o número de interessados chegue a 3 mil estudantes “novos, somente no EaD”. Em seguida, aposta em 5 mil novos alunos no decorrer de mais um ano e, finalmente, em 20 mil alunos no primeiro quinquênio.

Quando fala dos investimentos feitos pelo UniFEOB para alcançar essas metas, professor Guisasola informa que “somando toda a área de Ensino, a parte pedagógica, nós investimos algo próximo a R$ 20 milhões”. Deste montante, ele explica, R$ 15 milhões destinaram-se à estrutura física – laboratórios de ensino presencial – e R$ 5 milhões investimentos no ensino a distância. Embora a nomenclatura do processo didático remeta a estudar longe de uma sala de aula, o professor Guisasola explica que o Ministério da Educação e Cultura determina que as avaliações sejam presenciais. “O nosso modelo funciona via internet, com o aluno acessando 100% das aulas via internet.

“No Ambiente Virtual de Aprendizagem [AVA], o estudante conta com todo material, com as videoaulas gravadas pelos professores, com o roteiro de estudos, as avaliações, testes, jogos, games. Ali, o aluno trabalha, sendo avaliado durante o mês todo”, revela Guisasola.

Depois, uma vez por mês, será necessário que o aluno compareça ao polo de apoio presencial, onde participará de atividades junto com outros estudantes, integrando todas as disciplinas do seu módulo.

TODO O BRASIL

Quando perguntado sobre o significado desse avanço para o UniFEOB, Carlos Guisasola afirma que a instituição “passa a adquirir dimensão nacional”.

“Nós já tínhamos uma penetração boa no Estado de São Paulo, porque nossos cursos traziam alunos de todos os Estados, mas agora é diferente: agora nós estamos indo para todos os Estados”. De acordo com ele, o UniFEOB inicia o seu plano de expansão nacional.

A pretensão, segundo o pró-reitor, é que cada unidade da federação tenha uma unidade do UniFEOB. E o mesmo pode acontecer com São João: citando a logomarca do EaD UniFEOB, o professor revela que no mapa do Brasil há “um pontinho”, indicando que ali está a cidade-sede “e a gente tem dito muito claramente – é de São João da Boa Vista para o Brasil”, diz orgulhoso.

E antecipa que as fronteiras da cidade vão se ampliar – no ensino presencial a instituição recebe alunos de muitas cidades próximas, com até 100 km de distância de São João.

“A partir de agora, nós conseguimos aumentar esse raio de ação para 200 km, 300 km, que farão uma viagem mais longa apenas uma vez por mês, num sábado”, indica.

Com relação ao valor da mensalidade, haverá uma diferença para menos, no EaD: o aluno que se utiliza da estrutura física do UniFEOB terá incluído no custo a energia elétrica, a água, os funcionários, entre outros itens. “O aluno a distância não precisa pagar isso tudo. Daí, se consegue praticar um valor de mensalidade diferenciado”.

E destaca: “mas nós não pretendemos tornar essa diferença de custos um diferencial do nosso curso; o nosso diferencial será mesmo a qualidade do que ofereceremos aos interessados, nós não pretendemos entrar em disputa de preços com as grandes empresas de educação. Essa não será a nossa meta” finaliza.

EXPERIÊNCIA DE 30 ANOS

Formado pela Faculdade São Luis, Carlos Guisasola é especialista em Direito Educacional. Com mais de 30 anos de experiência no ambiente acadêmico atuou em grandes instituições de ensino como a Moura Lacerda, Faculdade Anhanguera e Estácio UniRadial.

No UniFEOB desde 2012, assim como ele mesmo narra, pode colocar em prática diversos projetos que tem contribuído com o Centro Universitário. “Trabalhei em grandes instituições de ensino em São Paulo, com mais de 100 e 150 mil alunos, onde adquiri experiência muito grande em gestão e em novas tecnologias de educação. Fui convidado pelo João Otávio para trazer essa experiência para São João e colocá-la no UniFEOB. O Centro Universitário me proporcionou um campo de trabalho espetacular, onde pude implantar muitas coisas novas e isso vai ocorrer ainda mais com o passar dos anos”, destacou.

A UniFEOB – Centro Universitário Octávio Bastos é nosso cliente no sistema Lyceum desde 2013.

Fonte: O Município 

Post criado 168

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo